categorias

Category:

VENCECAVALO E O OUTRO POVO

Em estoque

Simulação de frete

O livro escancara a faceta ironica de Joao Ubaldo: publicado originalmente em 1974, o livro reune cinco contos nos quais ele traca perfis absurdos e cria tramas tao inusitadas quanto hilariantes. Com uma linguagem que mescla erudito e popular, o autor cria narrativas breves que beiram o surreal, mas que tocam temas centrais do mundo contemporaneo e particularmente do Brasil. O regime militar do Brasil acabou estimulando um periodo de grande efervescencia cultural no pais. Os mais variados segmentos artisticos, constantemente sufocados pela censura, empregaram diversas metaforas politicas nas obras da epoca. Joao Ubaldo Ribeiro e um representante dessa caracteristica na literatura: satirico, questionador e dono de uma escrita agressiva, tem em seus romances uma forte presenca da tematica social. Em Vencecavalo e o outro povo, ao tratar a questao nacional a partir de um pais ficticio, Joao Ubaldo analisa temas essencialmente brasileiros como se tratasse de outro povo. A corrupcao, a manipulacao politica, a injustica, a violencia fisica e simbolica sao encenadas por meio de historias satiricas e absurdas. Nelas, nao sao poupadas da ironia figuras simbolicas de presidentes, militares, conquistadores e mitos da historia. Em Vencecavalo Santos Bezerra , acompanha-se a trajetoria de um modesto nativo de Vila Necas que se tornou presidente da Borengania, governando literalmente a base de marteladas na cabeca. Tombatudo Santos Bezerra satiriza a descoberta do Brasil, descrevendo a briga entre duas tribos indigenas e um povo que tem de comprar dos lusitanos um imenso e inutil carregamento de lonas que nao encomendaram. Rombaquirica Santos Bezerra narra a intrincada historia de um termometro sexual frances que vai parar na mao do protagonista, na Paraiba, resultando numa sucessao de impagaveis peripecias. Em Sangrador Santos Bezerra , beato do Kazinguistao predestinado a santidade assume o governo para, por meio da guerra, salvar o pais do pecaminoso comercio do bicho-pica . Abusado Santos Bezerra conclui o livro com a hilaria intervencao de um investigador brasileiro, buscando solucionar um atentado contra o presidente dos Estados Unidos. Nestas cinco historias, os protagonistas estao envolvidos em metaforas perturbadoras sobre a contemporaneidade. Sem poupar ninguem, Joao Ubaldo comprova que o riso e a mais poderosa das armas.

Ribeiro, Joao Ubaldo

SETEMBRO NÃO TEM SENTIDO

R$ 79,90

Ribeiro, Joao Ubaldo

Diário do farol

R$ 79,90

Ribeiro, Joao Ubaldo

JÁ PODEIS DA PÁTRIA FILHOS

R$ 79,90

Ribeiro, Joao Ubaldo

VILA REAL

R$ 74,90